A intenção deste espaço é informar e estimular a discussão, através dos artigos postados, sobre assuntos atuais de Política, Justiça, Direito Penal e Processo Penal, tanto ao profissional do Direito quanto aos leitores leigos. Desejo-lhes uma ótima leitura.
Suaviter in modo, fortiter in re
(suave nos modos e firme nos propósitos)

quarta-feira, 26 de março de 2008

" O MEIO OU UMA DESCULPA "

“Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.

Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o comodismo.

Se quiser um casamento gratificante terá que investir tempo, energia, sentimentos e partilhar dos mesmos objetivos.

O sucesso é construído a noite.

Durante o dia você faz o que todos fazem. Mas para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial.

Se fizer igual a todo mundo, você terá os mesmos resultados. Não se compare a maioria, pois infelizmente ela não é o exemplo de sucesso.

Se você quiser atingir uma meta especial, terá de estudar no horário em que os outros estão tomando chopp, terá de planejar enquanto os outros permanecem a frente da TV, terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol a beira da piscina.

A realização de um sonho depende de dedicação.

Há muita gente que espera que os sonhos se realizem por mágica, mas a mágica é um reflexo da ilusão e a ilusão não tira ninguém de onde está. Porque a ilusão quase sempre é o combustível dos perdedores.

Por isso, quem quer fazer alguma coisa encontra um meio e quem não quer fazer nada encontra uma desculpa.”


NOTA: Texto produzido por um aluno do Curso do Professor Damásio, e que chegou ao meu conhecimento através da narração do promotor de justiça Luiz Antônio, professor do mesmo curso.

Postar um comentário